Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Viajantes do silêncio

Isabel Pereira Rosa

01/09/2015 01:53

Viajantes do silêncio
As palavras adoçam a pele
E a música
Rasgam os desertos brancos
De papel e de mágoa
E inundam de luz
Lagos de escuridão.
Viajantes da boca e dos dedos
Aquecem as casas fechadas
Enchem os peitos cansados
Alagam os olhos e os rostos
E passeiam do peito para os lábios
Para as mãos
E para outros lábios
E outras mãos.
Viajantes da luta
Enfrentam os olhos ferozes
Dos fortes, dos algozes
E avançam e amansam
E adoçam
A pele, a música, a vida.

Isabel Pereira Rosa
in "Uma Pedra contra o Peito"
(no prelo)