Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Um felino persegue as horas

Dalila Moura

08/05/2020 23:25

Um felino persegue as horas, deslizando, audaz, na transparência do vidro.
Do outro lado, um reflexo, o assédio das árvores e a vontade de trepar.
Rebentam hastes miúdas, frágeis botões, que o vento sopra.
Fios de prata tecem silêncios
e explodem estrelas, na surpresa que atravessa um miar, inquieto.