Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Um encontro

Edilde Lima de Aragão

17/10/2015 23:51

Certo dia, encontrei em meu caminho
Alguém que escondia no seu peito,
Ébrio de amor, em busca de carinho,
Um coração esmagado e desfeito.

Esse alguém encarnava o sofrimento.
Seus olhos, tristes, já não tinham cor.
Era bondade, tristeza, tormento,
Nobreza, transformada em luto e dor.

Cabisbaixo de tanto padecer,
Suportando da vida os escolhos,
Escondia do mundo o seu sofrer.

Mas pude ver fiel e amortalhada,
Mirando-se no espelho dos seus olhos,
Su’alma em mil pedaços retalhada.