Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Um dia

Maria Helena Ventura

20/10/2021 01:10

Ainda não nasci
nem aprendi a soletrar
a luz das praias
distantes do pecado.

Talvez um dia
consiga abrir
este livro de silêncio
que me guarda o peito
e possa voar
a memória dos dedos

que me teciam asas
quando a manhã
se despia.




(In Quando o silêncio falar)