Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

SOU A TUA CASA

Leocádia Regalo

12/10/2021 21:38

Moras em mim.
Esperei todo este tempo e cheguei a pensar que
não existias.
Mas és real, pessoal e intransmissível.
Secreto, oculto, íntimo, recôndito, indiviso , uno,
diverso, em mim.
Posso-te chamar espelho,
mel, cetim, fogo,
reflexo, chão, mar,
semente, sol,
pão, alperce,
“piel canela”, âmbar
ébano, coral, marfim,
colibri, condor, fénix,
alma gémea,
cometa, Estrela Polar,
cravo, liberdade,
paz.
Mas sempre serão poucas
as palavras para te nomear, Amor.