Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Queres

Edilde Lima de Aragão

23/11/2014 02:01

Eu fiquei encantado
Com a tua doçura.
Estou apaixonado,
Divina criatura.


Admiro-te assim
Com modos de criança.
Quando olhas para mim,
Cresce a minha esperança.


Tens a graça e a beleza
Das princesas de outrora.
Trazes n’alma a realeza
Da mais bela senhora.


Num altar te verei
Qual um anjo do céu!
E adorar-te-ei
De grinalda e de véu.