Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

o verdadeiro amigo

Isabel Mendes Ferreira

08/07/2016 01:09

o verdadeiro amigo é um coração de núpcias como superior manto de 

substâncias úberes. onde não cabe uma vogal escura nem os discípulos
das feras. oferece-se em recato e retira-se em cálido torpor de ditongos
amplos. e actuantes. o chão é uma língua só de essências simbólicas.
conhecimento do invisível e sombra sumptuosa a ser fénix._______________________.