Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

O meu coração tem

Leonora Rosado

07/12/2020 16:01

O meu coração tem
O chumbo lento da manhã
E o rebentar sereno de milhares de ondas que ficaram sem voz
A terna ideia de luz que se esgota nas axilas
A tempestade muda nos pés descalços de quem lê
O poema
A falange
O corredor
A corrente drástica de ar sibilante