Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

O gato

José Rodrigues Dias

24/05/2015 02:27

Se fosse livre
iria para um canto de telhado,
talvez para o meio da planície,
se fosse outro
talvez para o meio de um relvado
e depois fosse para fora dele,
para o cima de uma montanha,
e ali, além olhando, choraria
num ai sem dor abafado
meado de tristeza e alegria
e o gato por fim morreria
no seu tempo gasto
de ser gato…


Em casa assim tão vazia que ficaria
sem o gato que viver já não queria,
sozinha, como sua família o choraria…