Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Nunca atravessaste

Leonora Rosado

15/05/2018 15:26

Nunca atravessaste
A solidão
Nunca ergueste um poema
E o espelho onde te viste
Foi o íngreme abismo
Esse espaço negro entre ti
E a angústia
Que tão indócil mordia
As tuas mãos