Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Lua cheia

Edilde Lima de Aragão

07/02/2014 16:33

Admiro a lua cheia,
Esfera solta no espaço!
Seus raios da cor do ouro
Têm o efeito do aço!

Atraem os namorados
Que vivem de ilusões,
Iluminam desde os céus
Aos mais negros corações.

Lua, alma do sambista,
E musa do trovador,
Que abraçado ao violão,
Vai cantando a sua dor.

Lua cheia de mistério,
Faz do passado presente,
E obriga o pobre poeta
A dizer tudo o que sente.