Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Já crepita sob os pés o outono

Isabel Pereira Rosa

20/09/2019 01:56

Já crepita sob os pés o outono
iminente; já é diferente a luz coada
pelas folhas que ainda não tombaram;
e eu vou colhendo a vida que resta
em cada recanto, em cada nova cor,
em cada folha pisada.
O outono sou eu,
com ele me fundo e me confundo,
ele é a minha parte mais etérea
e decadente, a mais ampla de mim,
o puro caminho sem desejo
que falta percorrer até que as águas
e os ventos tudo arrastem, tudo arrasem.