Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Irmãos da luz

Maria João Cantinho

09/11/2014 01:40

Somos irmãos da luz e bebemos o sonho
Como quem nasce da água
E bebemos a voz
Que desce da noite
Somos irmãos irmãos da terra
Cantamos dançamos o fogo
Olhamo-nos como espelhos

E tememos as palavras dos homens
Porque somos da sombra os nomes
que semeamos no silêncio
e olhamo-nos na alvura
que em tudo habita
lua, passagem, círculo
irmãos irmãos da escuridão
olhamo-nos como espelhos
únicos e esplendorosos

dessa luz íntima e sonhante, por dentro do poema.