Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Ir no sentido do medo

Leonora Rosado

20/06/2020 02:28

Ir no sentido do medo
Pela palavra descalça
Fria
Muda
Nua
No sentido perfeito
Vais
Eloquente mas
Cabisbaixo
O tecto é uma vertigem acrobática
Aqui não há olhos que te vejam
E todas as sombras são estrangeiras
E todos os olhos fecharam a última imagem sem passaporte