Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Invades-me

Dalila Moura

25/02/2021 13:47

Invades-me
O pensamento,
a alma, o peito,
o tempo
que tropeça entre organza branca
e um sudário, rendilhado a preceito.
E estremeço. No nada – ausência a doer –