Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Guia-me

Edilde Lima de Aragão

03/05/2015 21:33

Guia-me a vida, santa protetora,
Estrela matutina e cintilante.
Sem teu olhar que é luz inspiradora,
Não tenho calma, sou um louco errante.

Guia meus passos, sê o meu bastão,
Com teu encanto todo singular.
Livra-me, peço-te, da solidão.
Vem construir comigo o nosso lar.

Guia minh’alma, trilha o meu caminho,
Afasta com teu riso a minha dor,
Dá-me, te peço, um pouco de carinho.

Guia e ampara este infeliz sem teto.
Se não mereço o teu sublime amor,
Dá-me, por Deus, um pouco de afeto.