Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Grãos de afectos

Maria Helena Ventura

21/08/2020 01:39

Escorrem pelo corpo
recessivos
estes grãos de Amor sobejo.

Que devo fazer com eles
se tão alheios são
ao sossego?

Ao contrário
que posso fazer sem eles
se tanto agasalho dão
ao silêncio?

Escorrem em centelhas
deserdadas
pelos sulcos da pele salgada
na pungência acesa
de marulhos indóceis.

(In Pedra de Sol)