Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Gota de água

Edilde Lima de Aragão

12/04/2015 01:15

Gota d’água caída na calçada!
Derramada por certo lá do céu.
Gota d’água rolando no teu rosto!
Eu quisera enxugar com o lenço meu.

Quem me dera poder a tua lágrima
Secar para em teu rosto não mais vê-la!
Desejaria, enfim, que fosses minha,
Para num beijo de amor sorvê-la.

Fazes chorar a quem te ama tanto!
Choras, talvez, por quem nunca te quis!
Considero esta vida um mar de pranto.

Quando te vejo, tremo de emoção.
U’a gota d’água rola no meu rosto,
Lágrima vinda do meu coração.