Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Generosidade

Avelino Bento

16/06/2021 01:55

de alma gentil e generosa
teu doce amor alivia meu pranto
olho-te sem mostrar espanto
da minha voz triste sem canto
vens serena amante e fervorosa
em auxílio de quem não merece
és terna amiga e formosa
sofrendo assim por quem padece.

quero viver a eternidade
contigo a meu lado sem despudor
reconheço o erro a fragilidade
com que se vive a palavra amor.

amor não é palavra vã antes fosse
porque os simples não sofreriam
de sentimento
amor é uma atitude um conforto
que não se divide antes aumenta.

amor é a reconquista do momento
que se vive na hora da maresia
amor é opor-se ao sofrimento
e encontrar-te sempre assim
transparente
à luz do dia.