Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Fénix

José Rodrigues Dias

06/03/2015 01:59

Pelos mistérios de nascer
De manhãzinha um dia nasci…
Durante o dia, como o Sol, cresci
E, lentamente, com o peso de já ser,
Subi primeiro em trevas, por não ver,
Depois em luz de norte,
Depois de sul …
Como o Sol, pela Terra viajei.
Como tu, parei, voei, caí e recomecei.
Como o Sol, desci.
Ao poente chegar, lá ao fundo do mar,
Numa pira com raios de fogo, morri.
Das cinzas e das trevas,
Ao outro dia de manhãzinha,
Como o Sol, renasci!