Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Em tempo de eletrónica

Isabel Pereira Rosa

24/02/2021 13:40

Em tempo de eletrónica
Não são concretas as cartas de amor.
Ficam tristes os sentidos
sem o toque nem o perfume do papel,
mas as árvores agradecem.
Mudanças que os tempos tecem.