Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Em diferido

Helena Ventura Pereira

16/04/2020 01:42

O poema avança
num olhar reflexivo sobre a noite.
Da supressão das palavras
guardo o essencial:
diálogos ceifados pelo pudor
fábulas contadas
pelo segredo do gesto
texto impresso na respiração
de um imenso abraço
e mais...
Termino com uma nuvem de seda
rente ao corpo
e ponho o ponto final.

(in CURRICULUM)