Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

É um lindo domingo primaveril

Isabel Pereira Rosa

25/03/2020 13:04

É um lindo domingo primaveril
E eu olho para os pés
Que calcorrearam tantos caminhos
E apenas fugiam das serpentes.
Afugentava o medo com a droga do sonho
E das canções
E escrevia poemas mentalmente.
Fazia da dor uma aventura
E arriscava perguntas proibidas:
Quem disse que tem de ser assim
Só porque sempre foi?
Olho para estes pés cansados
E penso noutros que se foram
E agradeço
Por terem rompido com coragem
A obscuridade.
Olho para estes pés cansados
que já têm tão pouca utilidade
e penso
Para que servem tantas máquinas
se elas não trazem justiça
nem liberdade?