Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

e o anjo anunciante

Isabel Mendes Ferreira

13/11/2017 01:47

e o anjo anunciante

e o anjo anunciante anuncia que há mais vida para lá de um pobre verso na contracapa do tempo. e meus amigos inimigos esquecidos presentes ausentes todos os que não sendo se ajustam pela pauta de um vago e inconcreto desejo anuncio-vos que a idade é um fruto permissivo que permite ser livre e injusto justo e prisioneiro da vontade de não ser nem presa fácil nem cordeiro suave. já foi o tempo de julgamentos por isso não julgo nem vendo a teia da alma aos vendedores de facas. estou por aqui como podia não estar sendo que não vendo livros nem versos nem beijos. de quando em vez escrevo outras só leio e outras nem isso mas vejo e sorrio. e deito ao esquecimento a comédia e a tragédia. que ao pão de cada dia se segue a luz e a lucidez.