Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

É de noite que emergem os pensamentos

Isabel Pereira Rosa

28/10/2021 01:53

É de noite que emergem os pensamentos
mais recônditos, os delírios e os mortos,
que se erguem da sua triste passividade
e nos trespassam os sonhos e os olhos;
mas é também de noite que a exaltação
se incendeia e dança em labaredas
onde quer que haja um fio de luz, um
pulsar vermelho ou uma alma de poeta.