Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Declaro solenemente

Isabel Pereira Rosa

15/08/2015 02:03

Declaro solenemente
O estado de sítio das mãos
Que não sabem fabricar carícias
Nem tricotar versos.
Aqui só entram palavras de perfume
De renda
Ou de raiva
Justificada.
Aqui só os braços e os abraços
São a casa.

Isabel Pereira Rosa ©