Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

De tempos

Leonora Rosado

27/06/2018 21:18

De tempos
A tempos como
Um morango imaginário
E fico a ver o medo rebentar nos espelhos
Crescer em silêncio na hera dos muros
E toda a poeira se ergue em redor do meu corpo