Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Como se fosse

Leonora Rosado

20/06/2020 02:17

Como se fosse
Não o poema, não,
Mas o poema possível
O que não deixa pó
O que deixa
A contracção intacta
Do abdómen
Dissoluto
Andei pelos espelhos
Mas não vi o crepúsculo
Ensombrar-me as palavras