Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Caminhamos numa floresta

Isabel Pereira Rosa

09/10/2020 22:14

Caminhamos numa floresta
contaminada.
Os símbolos dormem de pé,
como árvores sonolentas.
A linguagem das pedras
e das folhas é a única inocente.
Num coração humano
está desenhada a fogo a fome
e noutro o luxo e o lixo.
Quando a terra arder,
Tudo escorrerá para o mar,
para os astros
ou para buracos negros.
Talvez se salvem as pedras
queimadas na sua inocência
e todo o amor desperdiçado.