Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

As páginas da existência

Humberto Lima de Aragão Filho (Editor)

01/07/2015 23:42

As páginas da existência nunca podem ficar paradas. O instante melancólico da noite escura sempre cede lugar ao resplendor alegre do dia que vai nascer.