Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

Alvaro Giesta

Alvaro Giesta

Alvaro Giesta é nome literário de Fernando A. Almeida Reis, (Foz Côa, 1950).
Escreve poesia, ficção e ensaio.
É editor gráfico e coordenador literário. É membro do PEN Clube Português, Académico da ALA, em Portugal, Académico da ALTM, em Trás-os-Montes, sócio da Associação Portuguesa de Escritores. Viveu em Angola entre duas guerras ― a colonial e a civil ― entre 61 e 75. Autodidacta, por definição. Militar de carreira reformado em 2005, é a partir desta data que desenvolve uma maior actividade literária. Tem poesia traduzida em castelhano, galego, chileno, mexicano e romeno.
Livros publicados: 13 de poesia e 1 de contos; Livros a ultimar para publicar “Pascoaes e a Saudade”, ensaio e “Todas as folhas têm chão”, romance. “Convergências”, o metapoema, é o 14.º livro de poesia a publicar em breve e está a ser prefaciado pelo professor e escritor Humberto de Aragão, Brasil.
Em coautoria participou em mais de 40 antologias de poesia e conto em Portugal, Brasil, Chile, México e Roménia.
Concebeu e fundou em 2013 a revista literária impressa “A Chama” de que foi editor e director até 2015, onde divulgou mais de 200 autores.
Concebeu sob a égide desta revista, a Colectânea Literária de Autores IDEÁRIOS, que coordena e edita; nas duas edições já publicadas (2019 e 2020) publicou inéditos de 29 e 24 autores, respectivamente. Prevê editar a 3.ª edição ainda em 2021 para lançamento em Março de 2022.
É coordenador e editor gráfico para a Antologia de Autores “Letras em Marcha”, projecto literário anual da editora Calçada das Letras, Lisboa.
Tem colaboração Literária e Jornalística independente em vários jornais e revistas literárias, no país e no estrangeiro, em poesia, ensaio e narrativa, nomeadamente na BIRD, revista literária online nascida sob a égide da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, onde durante 2 anos escreveu uma coluna semanal sobre ensaio e crónica.

Filtrar por categoria: