Para visualizar este site, favor habilitar o JavaScript no seu navegador.

A cada dia

Leonora Rosado

31/07/2018 02:23

A cada dia
Um pé dentro do medo
Uma curva estranha
De luz
Que estanca estes versos
A cada noite
Um anzol ferido
Que feriu
As mãos
E a incapacidade
De amar
Fôssemos não menos
Ferozes
E tudo ruiria
Exactamente do mesmo modo